Um bate-papo sobre o racismo

Um bate-papo sobre o racismo

Infelizmente, o racismo ainda é mal que assola a humanidade, mas por uma questão de evolução humana o racismo vem diminuindo…


Infelizmente, o racismo ainda é mal que assola a humanidade, mas por uma questão de evolução humana o racismo vem diminuindo dia a dia, será que temos motivo para comemorar tudo isso? Vivemos num país racista?

Com esses questionamentos chamei dois convidados o Marcos de Oliveira e o Cássio Alexandre, dois amigos representando os negros e batendo um papo, falamos sobre o racismo no Brasil e como tem se passado tudo isso nos Estados Unidos. Tentamos responder todos esses questionamentos, bem vindos ao Pense Mundo.

Notas do podcast:

Reportagem da Carta Capital citada pelo Cássio: “Mal-entendidos sempre acontecem com crianças negras”

Livros indicados no episódio:

Guia politicamente incorreto da história do Brasil

Doze anos de escravidão

1808: Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil

1822: Como um homem sábio, uma princesa triste e um escocês louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil, um país que tinha tudo para dar errado

1889

COMMENTS

  1. bonfatti

    abril 15

    Ótimo cast, um tema muito complicado e polêmico,
    infelizmente é um assunto que precise de discussão e debates, eu sou branco e repudio
    TODA forma de descriminação racial, velada ou não ele existe por todos os lados,
    parabéns Daniel Costa pela escolha dos convidados foi muito bom ouvir o Cássio Alexandre e principalmente meu amigo Marcos Oliveira, é nóis.

  2. Rodrigo Rocha

    abril 20

    Ai galera, obrigado pelo conteúdo do cast! Muito reflexivo, com ótimo conteúdo e pauta, e mesmo sendo polêmico, entra de forma leve na nossa mente, nos instigando a mudar o comportamento! A trilha ficou massa pacas tb, parabéns pela edição!

  3. Helton Bastos

    junho 24

    Olá…! Sobre a escravização de pessoas da mesma raça, me recordo que há muitos anos assisti um filme japonês (em preto e branco) que contava a história de uma família litorânea cujos filhos foram sequestrados por senhores feudais para serem escravos, isto é, japoneses escravizavam japoneses.
    Hoje a escravidão mais explícita e brutal é o trabalho forçado em fazendas. Meu falecido avô foi uma vítima deste tipo de escravidão.

LEAVE A REPLY

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Please Add Widget